Liminar cancela 28ª edição da Vaquejada de Quixeramobim

04/09/2017

FONTE:

 

 

Na última segunda-feira, 28, uma liminar suspendeu, através de uma ação civil pública do Ministério Público do Ceará (MPCE), a 28ª edição da Vaquejada em Quixeramobim, a 206, 1 quilômetros de Fortaleza, prevista para acontecer nos dias 7, 8 e 9 de setembro deste ano. O empresário Sílvio Antônio de Albuquerque Fernandes, organizador do evento, também é alvo da medida.

 

Conforme a decisão, em caso de desobediência, a organização da vaquejada deverá pagar pena de multa diária de R$ 100 mil, apreensão dos instrumentos utilizados e dos respectivos animais, sem prejuízo da prisão em flagrante dos responsáveis e persecução criminal pelos crimes que o descumprimento da ordem vier a importar. A juíza substituta titular da 1ª Vara da Comarca de Quixeramobim, Kathleen Nicola Kilian, deferiu o empresário se “abstenha de autorizar, apoiar, patrocinar e realizar qualquer ato que importe ou contribua com a realização de qualquer espetáculo de vaquejada”.

 

A 1ª Promotoria de Justiça de Quixeramobim havia expedido, em 17 deste mês, uma recomendação para a não realização de vaquejadas na cidade. Uma das Vaquejadas previstas na cidade foi cancelada já em atendimento ao teor da recomendação ministerial em favor do “bem estar animal.”

COMPARTILHAR NO FACEBOOK
COMPARTILHAR NO TWITTER
Please reload