Prefeitura de Fortaleza lança ferramenta de consulta popular desenvolvida pela Unifor

26/02/2018

 

 

A população da capital vai definir o projeto de reforma urbanística a ser implementado pela gestão municipal. 

 

Prefeitura de Fortaleza lançou, em parceria com a Universidade de Fortaleza, o projeto Você Faz Fortaleza, que vai coletar a opinião dos fortalezenses sobre projetos de infraestrutura para a Capital.
O lançamento aconteceu no Plenário da Câmara Municipal de Fortaleza, durante a solenidade de abertura dos trabalhos do Poder Legislativo Municipal de 2018. A solenidade contou com a presença do prefeito Roberto Cláudio, do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, e do diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Unifor, Vasco Furtado, além de vereadores e secretários municipais.
O projeto Você Faz Fortaleza vai disponibilizar 40 totens (urnas de consulta popular) em diversos pontos da cidade, como terminais de ônibus, prédios públicos e pontos turísticos. Os totens, desenvolvidos pelo Laboratório de Pesquisa e Inovação em Cidades (Lapin) da Unifor, vão apresentar à população áreas de Fortaleza que poderão sofrer intervenções a partir de projetos da gestão municipal. A votação acontecerá até o dia 28 de fevereiro e o projeto que for o mais votado será executado pela Prefeitura de Fortaleza até 2020.
Na solenidade de lançamento, o prefeito Roberto Cláudio destacou a importância da iniciativa: “Isso é um instrumento novo de participação popular que vai ser distribuído pela cidade para que gestores municipais e vereadores consultem a comunidade, além de dar poder e voz à população, de forma simples, rápida e desburocratizada”.
O prefeito ainda enfatizou a participação da Unifor no projeto: “Tudo isso está certificado pela Universidade de Fortaleza. A tecnologia é da Unifor, em parceria com a Prefeitura. Ou seja, estamos utilizando uma tecnologia credenciada por uma instituição séria”.
Na primeira consulta, a população vai poder escolher entre intervenções para o Lago Jacarey, para a Lagoa de Porangabussu, a Praça e o Mercado do Carlito Pamplona, para o Zoológico Sargento Prata, Horto e Lagoa do Passaré, Cidade da Criança e Praça Coração de Jesus, Praça e Mercado da Messejana, Parque da Sabiaguaba, Barra do Ceará e Parque Lagoa da Viúva.
O projeto foi desenvolvido pelos professores Daniel Chagas, Vládia Monteiro e Herbet Rocha, além de alunos dos cursos de Engenharia da Computação, Engenharia Mecânica e Ciência da Computação. O diretor da DPDI, professor Vasco Furtado, explica que a Unifor tem realizado parcerias com prefeituras no sentido de tornar a tecnologia aliada na implementação de políticas públicas.
“A nossa ideia é avançar cada vez mais nessas parcerias, e sempre envolvendo a participação de alunos e professores, contribuindo, assim, para a formação de profissionais capacitados para o mercado de trabalho”, complementa o professor Vasco Furtado.
Lapin
O Lapin possui equipe multidisciplinar com pesquisadores de áreas como Computação Gráfica, Design Industrial, Biotecnologia, Internet das Coisas, Otimização, Inteligência Artificial e Engenharia Mecânica. Ele serve assim de espaço compartilhado para projetos em áreas diversas como otimização do transporte coletivo, melhoria da segurança viária, compartilhamento de veículos elétricos e bicicletas, veículos e economia de energia via o desenvolvimento de eletrodomésticos inteligentes. Nesses projetos, há interação com empresas do setor público, privado e terceiro setor. Prefeitura Municipal de Fortaleza, Enel, IVIA, Mob Telecom, Esmaltec e Cruz Vermelha são algumas das empresas que interagem com a equipe multidisciplinar do Lapin. 

COMPARTILHAR NO FACEBOOK
COMPARTILHAR NO TWITTER
Please reload