Começou a SMART CITY EXPO CURITIBA 2018

02/03/2018

smart-cities.pt 

Começou a Smart City Expo Curitiba 2018, a primeira edição brasileira do Smart City Expo World Congress, uma mostra para debater o tema das cidades inteligentes. O evento, que decorrerá até dia 3 de Março no espaço Expo Renault Barigui, irá contar com a presença de 60 oradores brasileiros e 20 internacionais.

Um dos principais participantes é o arquiteto e engenheiro Carlos Ratti, que dirige o Senseable City Lab, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, e que é responsável por estudar tecnologias que sirvam para alterar e transformar a vida, tal como a conhecemos, nas cidades. O italiano, que preside actualmente ao Conselho da Agenda Global do Fórum Económico Mundial sobre Cidades Futuras, foi considerado, pela revista Wired, como uma das 50 pessoas capazes de mudar o mundo.

Para além de debates, centrados nos temas das Tecnologias Disruptivas, Governação, Inovação Digital e Cidades Sustentáveis do Futuro, as empresas terão à disposição uma feira de exposições, onde poderão apresentar as novidades relativamente ao tema das cidades inteligentes.

Esta exposição terá ainda espaço para pitches, ou seja, espaço para start-ups apresentarem, em cinco minutos, os seus projetos. Entre os participantes nesta modalidade estão as start-ups brasileiras HydroBytes Tecnhologies, que desenvolveu uma tecnologia para tornar “inteligentes” os postes de iluminação do espaço público, e a Favo Tecnologia, uma companhia que apresentou um aplicativo para celular para auto irrigar hortas verticais em pequenos espaços.

De Curitiba vem também o Adam Robô, desenvolvido pela empresa Prevention, que se propõe efetuar um pré-diagnóstico de doenças oculares. Um dos espaços desta exposição que mais expectativa está criando é a “Curitiba do Futuro”, uma área de realidade estendida, que combina as realidades virtual e ampliada, com interação da visão, audição e tato. O conceito foi apresentado pela start-up Beenoculus, também de Curitiba, e que convidará os visitantes a usarem uns óculos especiais para, com a ajuda de um computador e de controlos especiais, visitarem a capital do Paraná, daqui a 60 anos.

A cidade de Curitiba foi escolhida para acolher este evento no passado mês de Novembro, durante o encontro mundial das Cidades Inteligentes, que teve lugar em Barcelona. Esta mostra já ocorre, anualmente, noutras cidades mundiais, como são os casos de Kyoto, no Japão, Montreal, no Canadá, entre outras.

Para mais informações acerca da exposição, da qual a revista Smart Cities é media partner, visite o portal www.smartcityexpocuritiba.com.

foto: © Paulo Nabas / Shutterstock.com 

COMPARTILHAR NO FACEBOOK
COMPARTILHAR NO TWITTER
Please reload