Parque da Lego terá até cinco hotéis

23/06/2018

 

Os investidores do parque temático da Lego – conhecido como Legoland – pediram licença ao Governo do Estado para a instalação de cinco hotéis no município de Paracuru, no Litoral Oeste. No entanto, o projeto precisa de mais detalhes para ter corpo e não esbarrar em um possível indeferimento da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

“O projeto precisa estar em um nível de detalhamento maior. Sabem que não podem começar com um básico. Um empreendimento dessa envergadura requer estudos específicos. Esse projeto executivo precisa ser entregue e aprovado pela Semace. Acreditamos que no mês que vem eles (investidores) devem apresentá-lo”, afirma Arialdo Pinho, titular da Secretaria do Turismo do Estado (Setur).

Ele diz que as análises da viabilidade e infraestrutura são feitas por um escritório espanhol. “Tem oito, nove meses que estão trabalhando nisso”, complementa.

Apesar da possibilidade de implantação, os estudos conduzidos pelos investidores internacionais do parque temático mostraram baixa atratividade de visitantes em um prazo de cinco anos. Entre os fatores limitadores estavam a distância até Fortaleza (aproximadamente 110 quilômetros) e a infraestrutura insuficiente para instalação do equipamento. Não há informações sobre valores.

Feito inteiramente com as tradicionais peças de montar, a Legoland, se seguir o modelo de outras regiões, contará com montanhas russas, áreas temáticas (Disney, Star Wars, Pirate Cove etc), rodas-gigantes e apresentação de shows voltados para crianças.

Os parques temáticos da Lego estão situados nos Estados Unidos, Alemanha, Dinamarca (sede da Lego), Dubai (Oriente Médio) Reino Unido, Japão, e na Malásia (Sudeste Asiático). Se instalado no Ceará, seria o primeiro empreendimento na América do Sul. 

COMPARTILHAR NO FACEBOOK
COMPARTILHAR NO TWITTER
Please reload