Região de Coimbra, Portugal, lidera projeto europeu para produção e consumo sustentáveis

22/07/2019

 

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, em Portugal, lidera um consórcio de oito regiões da União Europeia que aposta na criação de ambientes de produção e consumo sustentáveis.

 

As diferentes regiões de Portugal, Grécia, Estônia, Hungria, Romênia, Espanha, Itália e Eslovênia que integram o projeto Rurban Food pretendem “incentivar a criação de uma rede de cidades comprometidas com a elaboração de planos alimentares que se estendam das áreas urbanas e periféricas por um corredor que facilite uma ligação urbano-rural”.

 

“Essa abordagem vai aumentar a criação de ambientes de produção e de consumo assentes numa base de sustentabilidade econômica, social e ambiental”, refere a CIM da Região de Coimbra em comunicado.

 

O projeto vai avançar na sequência da aprovação de uma candidatura ao programa europeu URBACT III, ao qual foram apresentadas 62 propostas que envolveram 525 parceiros de 29 países.

 

A primeira fase do Rurban Food, com a duração de seis meses, arranca em meados de setembro.

 

Programa de intercâmbio e aprendizagem que promove o desenvolvimento urbano sustentável, o URBACT reúne 550 cidades, 30 países e 7.000 interessados locais ativos.

 

Reunido em Alba Iulia, na Romênia, na terça-feira, o Comité de Acompanhamento do URBACT aprovou um total de 23 redes de planeamento de ação, incluindo a proposta portuguesa.

 

 

Sobre o URBACT

 

O URBACT é um programa europeu de aprendizagem e troca de experiências na promoção do desenvolvimento urbano sustentável.

 

Este Programa visa promover e financiar a constituição de redes de cidades que trabalhem no desenvolvimento de soluções comuns para os desafios urbanos contemporâneos, reafirmando a sua posição chave face à complexidade crescente das mudanças societárias.

 

O URBACT apoia as cidades no desenvolvimento de soluções pragmáticas, inovadoras e sustentáveis que integrem igualmente as dimensões económica, social e ambiental. Neste âmbito, é promovida a partilha de boas práticas entre todos os profissionais envolvidos nas políticas urbanas através da Europa.

 

O Programa é cofinanciado pela União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e pelos estados membros. No âmbito deste Programa Operacional (PO) decorreram já duas fases. A primeira teve lugar entre 2001 e 2007, através do PO URBACT I. A segunda foi implementada durante o período 2007-2013, no âmbito do URBACT II. O PO URBACT III, que dá sequência aos anteriores, foi formalmente apresentado em março de 2015 para vigorar no período 2014-2020.

 

Sobre a Rurban Food

 

Ao longo da última década, a política alimentar começou a ser cada vez mais integrada no quadro das políticas de desenvolvimento europeias, dada a variedade e complexidade dos problemas e desafios existentes na região. Neste contexto, um grupo cada vez maior de cidades está promovendo estratégias alimentares locais nas quais um número diverso e crescente de atores participa. No entanto, para a estrutura dentro da qual esta atividade ocorre, para ser eficiente, requer uma escala territorial maior, bem como uma interconexão efetiva entre os atores e pólos locais. Essa abordagem potencializa a geração de ambientes de produção e consumo fundamentados em uma base de sustentabilidade econômica, social e ambiental e integrada nas políticas de desenvolvimento.

COMPARTILHAR NO FACEBOOK
COMPARTILHAR NO TWITTER
Please reload