Roteiro: confira atrações imperdíveis do 6º Festival Internacional de Circo do Ceará

 

Com a intenção de divulgar e dar espaço à cultura circense no estado, o 6º Festival Internacional de Circo do Ceará teve a programação iniciada ainda nesta terça-feira e deve passar pelas cidades de Fortaleza, de 11 a 11 de novembro; Canoa Quebrada, dias 15 e 16; Paracuru, de 19 a 21; São Gonçalo do Amarante, nos dias 22 e 23, além da cidade de Itapipoca, no dia 24 deste mês.

 

Entre as mais de 40 atrações, grupos locais, nacionais e internacionais surgem no picadeiro com o contorcionismo, palhaçaria e música para animar a plateia dos diferentes municípios. Pensando nisso, o Verso listou quais atrações não podem faltar na lista de quem quer prestigiar o evento. Confira:

1)  Espetáculo Guerra de Cup&Cake, do KO's Coletivo, em Fortaleza

No espetáculo Guerra de de Cup&Cake, que acontece no Teatro Dragão do Mar nesta quinta (14), às 9h30, os cearenses Aldrey Rocha e Aline Campêlo apresentam as características típicas do circo por meio de uma narrativa completamente sem falas dos dois personagens. Com direção de Sâmia Bittencourt, a montagem traz nos gestos a comicidade dos palhaços.

2) Circo Excêntrico, do Cia LaClass Excêntricos, em Canoa Quebrada

Neste espetáculo, a magia e o humor, bastante presentes no circo, são utilizados como os principais elementos. Feito por Daniela Rocha-Rosa e Marcelo Lujan, que formaram o grupo Cia LaClass Excêntricos há cinco anos, ele traz uma história não-linear e com reflexões para a relação de dia a dia do casal. A apresentação ocorre no Circo Escola Canoa Criança, em Canoa Quebrada, às 19h.

3)  O Circo dos Irmãos Saúde, do Circo Teatro Artetude, em Paracuru

Criado pelo grupo Circo Teatro Artetude, do Distrito Federal e composto pelos irmãos Ankomárcio e Ruiberdan Saúde, a esquete mostra a relação dos dois como uma família envolvida com o circo há 18 anos. Manobras acrobáticas e números de malabares são os principais elementos que devem tomar conta da apresentação que ocorre na próxima terça (19), Anfiteatro do Farol, em Paracuru.

 

4)   Ópera de uma Família Brincante, da  Cia Carroça de Mamulengos, em Itapipoca

 

Na Ópera de uma Família Brincante, a Cia Carroça de Mamulengos mostra 42 anos de vivência artística. Brincantes, atores, músicos, bonequeiros, contadores de histórias e palhaços fazem parte da cena  e falam sobre a cultura popular circense. A apresentação será realizada na cidade Itapipoca no dia 24 de novembro, às 20h, no Largo da Igreja de São Sebastião.

 

5) Utopia, da Cia Circênicos, em São Gonçalo do Amarante

 

Aqui, a intenção é focar na investigação e experimentação de novas linguagens relacionadas à magia tão recorrente no circo. O espetáculo foi montado por Gabriel Marques e Dan Marques, vindos também do Distrito Federal que caminham juntos nas técnicas de teatro e artes visuais desde 2006. No Ceará, eles se apresentam no próximo dia 23 de novembro, às 18h, na Praça da Igreja Matriz, em São Gonçalo do Amarante

 

 

COMPARTILHAR NO FACEBOOK
COMPARTILHAR NO TWITTER
Please reload