Cerca de 200 participantes prestigiam I Workshop de Responsabilidade Social da AECIPP no IFCE Pecém


Pedro Parente presidente da AECIPP um dos palestrantes

Saber um pouco mais sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e sobre as soluções para o desenvolvimento sustentável das empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) foi o que motivou cerca de 200 pessoas a participarem, na manhã desta quarta-feira (29/01/2020), do I Workshop de Responsabilidade Social promovido pela Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP). O encontro, que contou com palestras e debates sobre sustentabilidade empresarial, aconteceu no auditório do Instituto Federal do Ceará Campus Avançado do Pecém. O encontro foi aberto com uma apresentação do coral da empresa Aeris comandado pelo maestro Poty. Na sequência, o presidente do Conselho de Administração da AECIPP, Ricardo Parente, fez uma breve apresentação da Associação e dos projetos desenvolvidos ao longo dos seus quatro anos de atuação. Parente destacou ainda a importância da atuação das empresas associadas nos fóruns temáticos, como o de Responsabilidade Social. “Esse primeiro workshop foi liderado e organizado pelo Fórum de Responsabilidade Social, um dos nossos dez fóruns, e teve como objetivo principal mostrar que o mundo e os grandes negócios e empresas precisam olhar a sustentabilidade não só como uma questão ambiental, social ou econômica, mas, principalmente, como uma forma de contribuir para a redução das desigualdades”, destaca. Em seguida foi a vez da líder do Fórum de Responsabilidade Social da AECIPP e gerente de Relações com Comunidades da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), Cristiane Peres, reforçar a importância de as empresas estarem unidas e alinhadas no que diz respeito às ações de responsabilidade socioambiental, bem como de iniciativas como o workshop para promover essa troca e integração entre as associadas e a comunidade. “Esse evento foi muito importante para as empresas verem que sustentabilidade é realmente estratégia de negócio. Para o Fórum de Responsabilidade Social, o evento trouxe um ganho ainda maior porque nossa intenção era realmente sensibilizar as empresas para essa pauta, para esse olhar mais sustentável, não só comprometido com o meio ambiente, mas também com a inclusão social. Acredito que conseguimos atingir nosso objetivo”, afirma.

E para falar sobre o que são os ODS, bem como o trabalho que vem sendo feito pela ONU e pelas empresas signatárias do Pacto Global, maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, ancorada nas Nações Unidas, o evento trouxe a assessora de ODS e engajamento das empresas na Rede Brasil do Pacto Global, que trabalha com desenvolvimento comunitário e sustentabilidade, Ana Carolina Paci. Em sua fala, ela fez questão de reforçar que alinhar a estratégia da empresa com as metas e com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável não é apenas uma ação de responsabilidade social, pois os impactos positivos são refletidos inclusive no faturamento das empresas, uma vez que promove um maior engajamento dos colaboradores, além de contribuir para a reputação da organização junto a fornecedores, investidores, parceiros e consumidores.

Ana Carolina Paci - representante do PNUD e especialista em sustentabilidade corporativa

Subiram ao palco ainda para falar de como suas empresas têm desenvolvido ações e projetos trabalhando os ODS e buscando alcançar as metas da agenda para 2030, o presidente da Cimento Apodi, Emmanuel Mitsou, e o diretor de Unidade de Negócios da Aeris, Vítor Santos. As duas empresas, que são signatárias do Pacto Global, possuem diversos projetos de formação (tanto para o público interno quanto externo), programas de voluntariado, ações voltadas para o meio ambiente, bem como iniciativas com foco no desenvolvimento da região e da comunidade local. O diretor da Aeris destacou a importância dessa iniciativa da AECIPP que permitiu que eles falassem para outras empresas do trabalho desenvolvido e conhecessem o que elas também vêm fazendo. “Essa troca é fundamental, pois pode potencializar as ações que estamos trabalhando, uma vez que é possível realizar muito projetos em conjunto, bem como estimular outras empresas que ainda não estão atuando na área a investir no segmento também, que só traz resultados positivos para qualquer organização”, reforça. Após as apresentações dos cases, houve um debate entre Ana Carolina Paci, Emannuel Mitsou e Vítor Santos, mediado pela articuladora do Sistema FIEP no Pacto Global e consultora nas temáticas dos ODS do Sesi Paraná, Aline Calefi. Nesse momento, os participantes puderam enviar perguntas para os palestrantes. Na manhã desta quinta (30), Aline ministrou capacitação em ODS para os representantes das áreas de responsabilidade socioambiental das empresas associadas, no mini auditório do IFCE Campus Avançado do Pecém. (Assessoria de imprensa - Érika Mavignier)