Prefeitura de São Gonçalo do Amarante lança projeto “Costurando Máscaras” para distribuir para a pop


Como parte das medidas adotadas para o combate à disseminação do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, lança o projeto “SGA Costurando Máscaras”. A ideia visa permitir que os costureiros do município possam contribuir com a contenção do contágio entre a população vulnerável social e economicamente, através da produção de máscaras de tecidos para abastecimento do município. Todo o material para confecção será fornecido pela prefeitura e doado para a população.

Neste período de calamidade pública e do necessário distanciamento social, por conta da pandemia, as áreas da cidade com menor concentração de renda acabam sendo mais afetadas. Pensando nisso, o projeto “SGA Costurando Máscaras” quer fomentar os autônomos da categoria de costureiras que, com a quarentena e o fechamento de estabelecimentos comerciais e pequenas fábricas, tem as rendas diretamente afetadas. “Trabalhamos sempre para ver um São Gonçalo do Amarante melhor, e essa iniciativa reforça isso, pois, além de fornecermos máscaras para a população mais vulnerável do Município, estamos gerando emprego e movimentando a economia local", destaca o Prefeito Cláudio Pinho.

Para a iniciativa, foi lançado um Edital de Chamamento Público, nesta quinta-feira, 16 de abril de 2020, objetivando a abertura de credenciamento para fins de concessão de condição especial de financiamento, destinado ao custeio da produção de máscaras de tecido por costureiros, que residem no município. A Prefeitura de SGA ficará responsável pelos insumos, através do fornecimento do material necessário para a produção das máscaras (tecido, elástico e linha), além da logística de envio do material e recebimento dos produtos.

As inscrições são gratuitas e acontecerão entre essa sexta-feira, 17 de abril, e segunda-feira, 20 de abril, no site da Prefeitura de SGA.

O projeto vai contemplar 100 costureiros do município. Além disso, ainda serão abertas 20 vagas para o cadastro reserva, já visando uma possível convocação, caso seja necessário. Os interessados devem ter a idade mínima de 18 anos e dispor de equipamentos de costura necessários para a produção das máscaras de tecido.