top of page

4 razões para inserir as práticas ESG no seu negócio.


A junção de três letras tem ganhado destaque no mundo todo: ESG. A sigla – Environment, Social and Governance, no inglês –, é amplamente utilizada no mundo corporativo e reflete os pilares da Governança Corporativa, Responsabilidade Social e Ambiental. Esta mudança de paradigma tem auxiliado as empresas a medirem o impacto que suas ações geram na sociedade como um todo.


O termo ESG surgiu no mercado financeiro em publicação do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2004, porém, até 2018 a pauta socioambiental ainda não era considerada tão relevante. A partir de 2019, o conceito ESG começou a ser aceito, colocando questões socioambientais em evidência, possibilitando que a prática se consolidasse como fator importante no mercado.


Esse movimento aumentou e é percebido no mundo, inclusive no Brasil. Conforme um levantamento do IBM Institute for Business Value (IBV), de 2022, o assunto está sendo tratado como prioridade máxima por 48% dos CEOs brasileiros, o que representa um aumento de 65% em relação ao ano anterior.


Outro indicativo é o que revela o Google Trends. A busca pelo assunto cresceu mais de 1.200% no país nos últimos dois anos. Com esse panorama de incluir pequenas e médias empresas, a AKVO ESG foi criada para desenvolver ferramentas amigáveis e de fácil utilização, que transformem as empresas nos protagonistas de suas próprias jornadas de sustentabilidade.


A startup gaúcha vem ocupando posição de destaques, com aceleração feitas em diversos programas, incluindo o BRDE Labs, Centelha RS e Start Agro vinculado ao AgTech do Sebrae SP.


– A ferramenta calcula a pegada de carbono do negócio, permitindo sua neutralização com créditos de carbono. Além disso, é possível compreender quais setores da empresa mais contribuem e como gerenciar essas emissões, tudo de maneira rápida e intuitiva – exemplifica a supervisora de Sustentabilidade da AKVO ESG, Francine Cenzi de Ré.


Para empresas em geral, a plataforma agiliza os processos de coleta de dados, faz a gestão de emissões, define metas e plano de ação personalizados e gera relatórios automatizados para facilitar seu controle de informações.


Confira os motivos para aplicar essa solução para o seu negócio:


1) Relevância para a sociedade


Se no passado, uma empresa deveria estar focada no seu crescimento e lucratividade, atualmente, sua demanda é muito mais ampla. As empresas necessitam aplicar o ESG, gerando um autêntico impacto positivo na sociedade, reduzindo riscos e melhorando o relacionamento com clientes, fornecedores e a comunidade como um todo.


2) Acessar crédito mais atrativo


O mercado financeiro está voltando o olhar para questões relacionadas às práticas ESG, em especial, aquelas relacionadas com as mudanças climáticas. Estão se multiplicando as linhas de crédito e financiamento ofertadas com taxas mais atrativas, mas é preciso que a empresa comprove suas melhores práticas em ESG.


2) Combater as mudanças climáticas


Um dos principais motivos de crescimento da agenda ESG é a urgência em combater as mudanças climáticas. Calcular a pegada de carbono do negócio é o primeiro passo para estabelecer uma agenda positiva e de compromisso com a sociedade. Além disso, estabelece um ponto de partida para a melhoria continua da organização.


4) Desenvolver uma cultura de excelência

As práticas de governança e responsabilidade socioambiental são imprescindíveis para o desenvolvimento de pessoas e equipes mais bem preparadas. Isso aumenta a resiliência do negócio, tornando-o mais robusto e eficiente. Em outras palavras: torna a empresa mais valiosa.


Fonte: gauchazh

Comentários


bottom of page