Como economia ajuda Brasil a continuar no topo da Libertadores



A semana de futebol traz de volta os jogos da Libertadores e, com ela, uma reflexão que cada vez mais torcedor faz: por que o Brasil é cada vez mais dominante? Se historicamente os argentinos são os mais vencedores, ultimamente, os brasileiros são os mais felizes. A resposta mais clara até aqui é a economia do país, que apesar de enfrentar uma grande crise, ainda é mais forte que a dos vizinhos. Tudo indica que esse domínio continuará por um bom tempo justamente por isso.


Na atual edição são seis classificados às oitavas de final, o mesmo número de argentinos, mas no retrospecto recente o domínio é bem mais amplo: quatro títulos para o país nos últimos cinco anos. Além disso, desde 2019, os clubes nacionais venceram todas as edições de Libertadores e garantiram cinco dos seis finalistas mais recentes. As explicações para a hegemonia brasileira apontam para a economia.


Fonte: www.uol.com.br