Conselho reúne diretrizes para tornar Bento Gonçalves - RS cidade inteligente e sustentável até 2040


Livro do Bento+20, que deve ser lançado neste mês, funciona como plano de governo contínuo para os próximos 20 anos


Noventa diretrizes e 397 ações integram um plano para tornar Bento Gonçalves cidade inteligente e sustentável até 2040. A ideia partiu do conselho Bento+20, formado por quase 200 voluntários e 28 entidades (veja ao final da matéria). Presidido pelo engenheiro civil Milton Milan, o grupo discutiu o planejamento por cerca de um ano e apresenta o resultado em um livro. O lançamento deve ocorrer de forma virtual na segunda quinzena de outubro. 

O trabalho está dividido em 10 câmaras técnicas (CTs) interligadas entre si. Sob eixos estruturantes (inovação, educação, sustentabilidade, cidadania e inserção global), as CTs representam um plano de governo contínuo, a ser desenvolvido pelos próximos 20 anos no município. Elas se dividem em: :: Cidadania; :: Desenvolvimento Rural; :: Educação; :: Indústria, Comércio e Serviços; :: Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; :: Saúde; :: Segurança; :: Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo; :: Turismo e Cultura; :: Urbanismo, Mobilidade Urbana e Infraestrutura.

Embora seja apartidário, o masterplan do Bento+20 tem o poder público como uma das peças chave para que o projeto saia do papel. Ainda neste mês, o material será entregue, em via impressa, aos candidatos que disputam as eleições a prefeito de Bento. Segundo Milan, o Executivo, a iniciativa privada e a sociedade civil formam o tripé de sustentação do plano.

O que são as cidades inteligentes?

De acordo com a União Europeia, as Smart Cities, ou cidades inteligentes, podem ser definidas como sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento, de forma a potencializar o desenvolvimento econômico e a melhora da qualidade de vida. Segundo o Cities in Motion Index, do IESE Business School na Espanha, 10 dimensões devem ser consideradas para indicar o nível de inteligência de uma cidade: governança, administração pública, planejamento urbano, tecnologia, meio ambiente, conexões internacionais, coesão social, capital humano e a economia. 

Ideia começou em 2018

O Conselho Municipal para Estudos, Diretrizes e Projetos Bento+20 (Cedipro Bento+20) surgiu com o projeto O Futuro da Minha Cidade, da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Ele chegou até Bento por meio da Associação das Empresas da Construção Civil da Região dos Vinhedos (Ascon Vinhedos) em abril daquele ano. O Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) embarcou no processo, ampliando outro projeto com objetivos semelhantes já conduzido pela entidade, o Viva Bento. Em novembro, ocorreu o evento d'O Futuro da Minha Cidade, ocasião em que o projeto de lei para a criação do Bento+20 foi assinado. O conselho foi oficializado no ano seguinte.

As entidades envolvidas

:: Associação Bento-Gonçalvense de Proteção ao Ambiente Natural (Abepan); :: Associação das Empresas da Construção Civil da Região dos Vinhedos (Ascon Vinhedos); :: Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs); :: Associação dos Corretores de Imóveis e Imobiliárias da Região Nordeste (Ascori); :: Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Região dos Vinhedos (AEARV); :: Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale); :: Associação dos Profissionais e Empresas em Serviços Contábeis de Bento Gonçalves (Apescont-BG); :: Bento Convention Bureau; :: Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL-BG); :: Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG); :: Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro-BG); :: Faculdade Cenecista; :: Fundação Parque de Eventos e Desenvolvimento de Bento Gonçalves (Fundaparque); :: Fundação Proamb; :: Hospital Tacchini; :: Instituto Federal RS (IFRS); :: Observatório Social do Brasil (OSB-BG); :: Ordem dos Advogados do Brasil - Subseção de Bento Gonçalves (OAB-BG); :: Prefeitura de Bento Gonçalves; :: Rotary Club; :: Sindicato da Indústria da Alimentação de Bento Gonçalves (Sindal-BG); :: Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística (SindBento); :: Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Vale dos Vinhedos (Simplavi); :: Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves (Simmme-BG); :: Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis); :: Sindicato do Comércio Varejista de Bento Gonçalves (Sindilojas Regional Bento); :: Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria – Região Uva e Vinho (Segh Uva e Vinho); :: Universidade de Caxias do Sul (UCS).