top of page

Estudante come obra de museu na Coreia do Sul e é acusado de danificá-la


Noh Huyn-soo, estudante de artes na Universidade Nacional de Seul, foi acusado de danificar uma obra em um museu na Coreia do Sul. O jovem comeu a banana da obra “Comediante”, de Maurizio Cattelan, que estava em exposição no Museu de Arte Leeum.


Depois de comer o fruto, o estudante colocou a casca da banana de volta à obra na parede. Noh Huyn-soo alegou que estava com fome e comeu o fruto. A imagem foi compartilhada no Instagram na quinta-feira (27).


Questionado pela emissora KBS, afirmou que “danificar uma obra de arte também pode ser interpretado como uma obra de arte”.


Ao The Guardian, Maurizio Cattelan apontou que não via problema na atitude do estudante;O fruto é substituído da instalação a cada dois ou três dias.


Após o estudante comer a banana, foi substituída por funcionários do museu.


O artista italiano Maurizio Cattelan, 62, é conhecido por suas esculturas satíricas e controversas. Por ser autoditada, não cursou uma escola de arte.


Em sua obra “Comediante”, desafia a arte conceitual ao prender uma banana na parede com fita adesiva. A obra foi vendida em 2019 por US$ 120 milhões (na cotação atual, cerca de R$ 598 milhões), enquanto estava na Art Basel de Miami.


Essa é a segunda vez que parte da obra é comida por alguém. O artista David Datuna também comeu o fruto, iniciando a provocação.


Na situação, o artista defendeu que não estava cometendo vandalismo com a obra, e sim uma performance artística. “Eu realmente amo esta instalação. É muito deliciosa”, escreveu no Instagram à época.


Com o incidente de Datuna, o diretor de relações com os museus da galeria Perrotin, Lucien Terras, negou que houvesse danificação da obra ao Miami Herald: “Não destruiu a obra. A banana é a ideia”.


Moral da história: Se estiver com fome, não vá a uma exposição de artes!!! rsrsrs Comenta aí!!


Fonte: Gcmais

Comments


bottom of page