Governo Federal autoriza repasse de R$ 46,9 milhões para obras no Cinturão das Águas do Ceará



No total, já foram investidos R$ 1,2 bilhão para a implantação da infraestrutura, que vai beneficiar mais de 5 milhões de pessoas.

O Governo Federal autorizou, na última sexta-feira, 16, o repasse de mais R$ 46,9 milhões para a continuidade das obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC).

No total, já foram investidos R$ 1,2 bilhão para a implantação da infraestrutura, que vai beneficiar mais de 5 milhões de pessoas na região metropolitana de Fortaleza e em 24 cidades localizadas entre a Barragem de Jati e a Travessia do Rio Cariús.

Esse é o terceiro repasse feito pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para o CAC em 2021. Em março, foram aplicados R$ 15 milhões na infraestrutura. Em junho, o MDR autorizou mais R$ 31,6 milhões em recursos para que o Governo do Ceará desse andamento às obras.

“Os açudes de Orós e Castanhão estão entre os maiores reservatórios de água do estado do Ceará e irão receber as águas do Cinturão. Esse repasse de recursos reforça o compromisso do Governo Federal em levar segurança hídrica ao Nordeste brasileiro”, afirma o secretário Nacional de Segurança Hídrica do MDR, Sérgio da Costa.

O trecho emergencial (lotes 1 e 2), concluído em fevereiro, já está em operação e faz a transposição de água para o Riacho Seco, saindo do leito natural até o Rio Salgado e o Açude Castanhão.