top of page

Pesquisa revela que Ceará é o estado em que mais se matou pessoas trans no primeiro bimestre


Nesta segunda-feira, 06, a Rede Trans Brasil divulgou uma pesquisa na qual foi revelado que o Ceará foi o estado do Brasil em que mais houve assassinatos de pessoas trans nos dois primeiros meses de 2023.


Neste ano, o Brasil aparece em primeiro lugar entre os países da América Latina com mais assassinatos de pessoas trans e travestis. No total, foram 22 mortes somente no primeiro bimestre. Nesse contexto, o Ceará registrou quatro crimes, sendo três mulheres trans e um homens trans.


No estado, a região do Cariri chama atenção por ser o ambiente onde se registra a maior parte dos casos geralmente. De acordo com informações do Observatório Cearense de Mortes e Violências LGBT, nove pessoas da comunidade LGBTQIA+ morreram entre janeiro e fevereiro deste ano no Ceará, duas delas, no município do Crato.


Fonte: O estado CE

bottom of page