Presídio desativado será transformado em parque urbano de lazer e cultura no Ceará


O Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO) foi um dos maiores presídios de Fortaleza, no Ceará, até ser desativado em 2013. Agora, a área de 30 mil metros m² será transformada em um parque urbano para crianças, adultos e idosos. Concebido pela Superintendência de Obras Públicas do estado, o projeto foi orçado em R$ 8 milhões e já está no inícios dos trabalhos na engenharia e instalação do canteiro de obras, com previsão de entrega para 2022.

O ex-presídio vai abrigar uma área com serviços de cultura e lazer. Jovens e adultos terão academia ao ar livre, rampa de skate, quadras poliesportivas, biblioteca comunitária, anfiteatro e quiosques, além de areninha e brinquedopraça para a galera se divertir.

“É uma área que vai passar por uma grande transformação, além de fomentar a economia do entorno, estimulando a criação de novos negócios”, explica Celso Lelis, superintendente adjunto de Edificações da SOP.