top of page

Saiba quem é Mama Cax, modelo negra homenageada pelo Google


Em homenagem ao Mês da História Negra, celebrado em fevereiro, o Google homenageia Mama Cax, modelo americana haitiana e defensora dos direitos das pessoas com deficiência, que morreu aos 30 anos devido a um câncer. Uma ilustração da artista consta no Doodle desta quarta-feira (8).


A homenagem também remete ao dia 8 de fevereiro de 2019, quando Mama Cax estreou nas passarelas da Semana de Moda de Nova York, nos Estados Unidos.


"A vibrante arte Doodle de hoje é um reflexo de sua vida brilhante. A obra de arte destaca as muitas facetas de sua identidade, incluindo sua herança haitiana, sua cidade natal em Nova York e sua carreira na moda com sua prótese incorporada ao visual", disse o Google.


QUEM É MAMA CAX?

Mama Cax nasceu em 20 de novembro de 1989 em Nova York, com o nome de Cacsmy Brutus, mas cresceu em Porto Príncipe, no Haiti.


Aos 14 anos, a jovem foi diagnosticada com câncer ósseo e pulmonar. Dois anos depois, foi submetida a uma cirurgia malsucedida de substituição do quadril, o que levou à amputação da perna direita.

"No início, Mama Cax estava deprimida e lutou para se aceitar com a prótese, pois queria que parecesse realista e combinasse com seu tom de pele", descreveu o Google.

Com o passar do tempo, ela passou a aceitar o novo corpo e a usar capas coloridas, incorporando a seu estilo pessoal roupas, cabelos e maquiagem bem coloridos. Foi quando passou a se interessar também pela moda.

A modelo ainda se dedicou à atividade física, aprendeu a andar de bicicleta e chegou a completar a Maratona de Nova York.


REPRESENTATIVIDADE


Mama Cax percebeu que mulheres negras e mulheres com deficiência eram pouco representadas nas mídias sociais. Então, passou a postar defendendo a inclusão na moda, assim como para discutir suas inseguranças corporais.

Ela entrou oficialmente na indústria da moda como modelo em uma campanha publicitária em 2017 e foi contratada pela Jag Models logo depois. Em 2018, foi capa da Teen Vogue e, no ano seguinte, desfilou nas semanas de moda de fevereiro e outubro em Nova York.


Fonte: Diário do Nordeste

Commenti


bottom of page