Turistas terão vivência ambiental com nova estrutura de coleta de resíduos em Fernando de Noronha


A empresa Mídia Sustentável proveu uma estrutura de gestão de resíduos de amplo espectro; experiência poderá servir de exemplo de turismo lixo zero para todo o País Esse ano, turistas e moradores de Fernando de Noronha terão a oportunidade de se engajarem em uma imersão ambiental e contribuir ativamente com a nova estrutura de gestão de resíduos sólidos noronhense. A mudança está sendo implementada por uma parceria liderada pela empresa Mídia Sustentável (frente de atuação da agência de gestão e marketing ambiental Aguama), com apoio do governo local, Heineken e Associação das Pousadas de Fernando de Noronha.

Por uma Fernando de Noronha lixo zero

Fernando de Noronha é um paraíso ecológico composto por 21 ilhas, localizado em Pernambuco, no Brasil. A região conta com uma vasta biodiversidade e a presença de espécies que só ali existem, como a tartaruga-verde. A beleza peculiar do arquipélago atrai cerca de 50 mil a 60 mil turistas todos os anos. Embora fundamental para o desenvolvimento da região e geração de renda e emprego para a população local, o turismo é impactante socioambientalmente.


Imagem de Rodolfo Barreto no Unsplash


Um problema recorrente gerado pelo turismo na região é o aumento da produção de lixo. De acordo com estimativas do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil de 2021, publicado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o País, de modo geral, contribui com cerca de 2 milhões de toneladas de resíduos sólidos que vazam para o mar anualmente, sendo estes provenientes principalmente de regiões praianas, como as de Noronha. Porém, desde 2018, a Mídia Sustentável tem mudado esse cenário por meio de alianças estratégicas com os principais atores de Fernando de Noronha e a comunidade local. A ilha recebeu uma série de melhorias de amplo espectro em sua infraestrutura de coleta e processamento de resíduos com o objetivo de aumentar significativamente o retorno dos resíduos recicláveis para a cadeia de produção de Noronha e viabilizar o turismo lixo zero nas ilhas pernambucanas.

Reciclar Transforma Noronha

Em parceria com agentes importantes como a Heineken, Associação de Pousadas de Fernando de Noronha, comunidade e governo locais, a Aguama concebeu o projeto Reciclar Transforma Noronha. Por meio da atuação da Mídia Sustentável, que é uma das frentes de atuação da Aguama, a Heineken está patrocinando a ampliação da estrutura de gestão de resíduos sólidos no arquipélago pernambucano.


A fabricante holandesa, que só comercializa em Noronha sua cerveja em garrafas de vidro, também instalou uma usina de reciclagem de vidro capaz de transformar o resíduo em matéria-prima (areia). Desde 2018, o material é doado à comunidade para a construção de casas noronhenses. Além de ajudar os moradores locais e promover a economia circular, a ação preserva o meio ambiente. A Heineken, que já investiu em plantas solares para abastecer todas suas fábricas com energia 100% renovável, também patrocinou a construção de uma concha acústica no centro de educação ambiental dos moradores e turistas. Em outra via, em parceira com a Mídia Sustentável, a fabricante instalou mais de 280 coletores e contêineres de mil litros em pousadas e bares com placas educativas para conscientizar turistas e moradores e aumentar a capilaridade da coleta seletiva na semana de réveillon.

Selo Evento Responsável

O empresário Zé Maria, reconhecido na região por sua atuação em promover eventos locais, também colaborou com o planejamento sustentável das festas de final de ano implementando o selo Evento Responsável da Aguama. Este mesmo serviço de gestão ambiental já apresentou bons resultados tendo sido implementado em outros grandes eventos como Lollapalooza, Feira Apas e Salão do Automóvel. Dessa forma, Fernando de Noronha terá estrutura para receber nas festas do réveillon 6 mil pessoas por dia durante cinco dias. Bot sustentável

Esse ano, turistas não terão desculpas para não se engajarem na destinação correta do lixo. A Mídia Sustentável desenvolveu ferramentas e plataformas on-line para ajudar a envolver e mensurar os resultados esperados do Reciclar Transforma Noronha.

Turistas e ilhéus poderão acessar informações sobre a coleta seletiva em um chat bot disponível no link noronhasustentavel.joco.com.br/jornadas. Além disso, qualquer pessoa poderá visualizar a estrutura de coleta seletiva da ilha por meio do QR code:

Turista responsável será sempre bem-vindo

O engajamento dos turistas na gestão de resíduos sólidos da ilha é parte essencial para o sucesso do projeto Reciclar Transforma Noronha. “Fernando de Noronha é o ambiente perfeito para uma vivência de turismo responsável. Toda a estrutura de captação de resíduos estará acessível, agora só falta a colaboração de cada um”, afirma Caio Queiroz, pioneiro em iniciativas do setor de gestão ambiental, ambientalista e idealizador da Mídia Sustentável e da Aguama.


Imagem: Caio Queiroz, fundador da Aguama


Além do auxílio dos coletores, contêineres, placas educativas, chat bot, conteúdo disparado via WhatsApp e e-mail, agentes ambientais estarão presentes nas praias orientando turistas e moradores sobre boas práticas ambientais. Os coletores estarão disponíveis nas cores marrom (orgânicos), cinza (não reciclável) e verde (recicláveis).


Os veranistas pouco sensíveis à importância e necessidade de cuidar do meio ambiente terão a oportunidade de contribuir para reciclagem de seus resíduos e comportamentos, vivenciando uma experiência de transformação única.

A vivência em Fernando de Noronha pode servir como um incentivo para a mudança de hábitos, sendo uma imersão em um paraíso com a infraestrutura ideal para que o turista colabore com uma nova ética, aproveitando a oportunidade para se transformar profundamente e fazer jus à campanha “Reciclar Transforma Noronha”.