top of page

Perceber, refletir e fazer diferente.


E o Natal chegou... e já passou. Estamos a alguns dias do Ano Novo. Então estamos exatamente naquela época do ano em que vale a pena relaxar, abstrair um pouco das preocupações. Naquele momento em que vale lembrar que o mais importante não é o que fazemos entre o Natal e o Ano Novo, mas entre o Ano Novo e o Natal, lembram?


É tempo de deixar-se contaminar pelo espírito de festa (mesmo que sua festa seja bem particular), espírito de renovação, de recomeço. Acho que foi pra isso que criaram a passagem de ano... Justamente pra gente poder respirar e renovar as energias pra começar de novo. Momento de refletir, também e eu proponho olharmos pra trás e vermos o que fizemos, no ano que passou, por nós mesmos. O que fizemos pensando em nós, em primeiro lugar. Em nossa saúde física e mental? E quem sabe, propor a nós mesmos, algumas mudanças que poderiam tornar nossas vidas mais saudáveis, amansar nossos corações, fortalecer nosso físico.


Sobre fortalecer nosso físico...

É verdade. É importante um físico forte, porque tende a ser mais saudável, ter mais resistência a doenças, estar melhor preparado para desafios e funcionar melhor em suas funcões básicas e vitais. São pulmões, coração, rins, fígado, tudo funcionando com eficiência. Um corpo forte protege as articulações, os ossos, nos dá capacidade de fazer coisas que dependem de uma boa condição física. Desde correr pra longe de um perigo iminente até subir no topo de uma montanha pra estar em contato com a natureza e apreciar uma bela paisagem. Ter facilidade e agilidade para nos movimentar abre um leque gigante de possibilidades, tanto no lazer e hobbies, como na vida profissional.

Sobre amansar nosso coração...

Em momentos de estresse, por exemplo, quando tivemos a calma de respirar antes de agir? Antes de arreganhar os dentes pra fora e demonstrar toda nossa raiva, alimentando nosso corpo com puro cortisol e adrenalina, em vez de pensar que a raiva e o estresse atingem o outro, muito menos que a nós mesmos... Fato que a vida nos traz desafios e problemas a serem resolvidos o tempo todo. E isso gera ansiedade e mexe com nossa saúde emocional. Mas, como lidamos com cada uma dessas situações, como gerenciamos nosso emocional é fundamental pra nos garantir saúde e qualidade de vida. Se a cada problema que surge, reagimos mal e guardamos mágoas ou raiva dentro de nós, ao longo dos anos, certamente teremos comprometido nossa saúde física e mental. E o prejuízo é todo nosso.


Sobre tornar nossas vidas mais saudáveis...

Nos cuidar também diz respeito à maneira como nos alimentamos e como dormimos. Em ambos os casos, é importante colocarmos nossos limites, principalmente com relação às pessoas que estão a nossa volta. Quantas vezes estamos cansados e com sono e não conseguimos dormir porque outras pessoas da casa ou até aquela com quem dividimos a cama, não entende que precisamos de silêncio, de quarto escuro e horas de sono. E nós, ficamos vendo TV até mais tarde do que gostaríamos, ouvindo o barulho dos vídeos do celular dos outros, o entra e sai e as portas abrindo e fechando. Ou até deixamos de comer o que era planejado, porque a “galera” achou mais fácil pedir pizza? Ok quando isso acontece de vez em quando. Mas, temos que ter cuidado quando passa a acontecer com uma frequência que pode acabar nos afetando mais do que deveria. Viver com pessoas queridas em volta é maravilhoso e dá todo sentido pra vida. Mas, ajustes são bem-vindos para que todos possam fazer suas escolhas, sem sacrificar a rotina, os hábitos e o cuidado com a própria saúde, uns dos outros.


A vida é feita de momentos. E a cada momento fazemos escolhas. Muitas escolhas. Desde as pequenas até as de maior importância. Então, o objetivo é escolher bem, para fazermos com que a maioria dos momentos sejam prazerosos. Em 2023, vamos escolher melhor, pensando no futuro e na construção de uma boa vida.


Fonte: oglobo

コメント


bottom of page